Escolher a zona do corpo onde se vai tatuar é tão importante quanto escolher o design ou o tatuador. Quando falamos em tatuagens pequenas e delicadas, a zona onde vai tatuar é determinante para que a tatuagem resulte… e não se perca no corpo.

As melhores zonas para tatuagens femininas pequenas e delicadas

Ombro

Nesta zona tem várias opções, dependendo do efeito pretendido, da dimensão da tatuagem e até do seu gosto pessoal:

  • Parte de trás do ombro
  • Omoplata
  • Em cima do ombro
  • Clavícula

É uma zona que não é muito afetada ao longo da idade, pelo que é sempre uma boa opção.

No entanto, se optar pela zona do ombro nas costas, sendo de difícil acesso, vai precisar de ajuda para cuidar da sua tatuagem.

Seja qual for a escolha, certo é que o seu ombro irá afirmar a sua presença quando usar um vestido sem mangas!

Braço

Mais uma vez, várias opções. Um aspeto a considerar é que o braço é uma zona relativamente exposta. Principalmente no nosso país, onde o sol brilha durante grande parte do ano. Assim, a grande questão é a manutenção da tatuagem ao longo dos anos, pois a tendência será para clarear.

  • Parte interior e superior do braço (bíceps)
  • Parte interior e inferior do braço
  • Parte superior e exterior do braço (tríceps)
  • Pulso
  • Mão e dedos

A zona interior do braço é uma boa área para tatuagens pequenas, pois a cor da pele não sofre grande alteração. Tanto a parte de cima do braço, como a de baixo, são boas opções. A de cima poderá ter maior tendência a alterar-se, devido ao efeito da passagem dos anos na pele. Mas, por outro lado, está mais bem protegida contra o sol.

Uma zona onde tatuagens pequenas poderão sobressair muito bem é a zona do tríceps. Esta exige algum nível de definição, para um resultado mais bonito. Bem conseguida, terá um forte impacto enquanto se afasta.

O pulso feminino é uma zona muito delicada e, por isso, uma tatuagem pequena nesta zona terá um visual de grande beleza.

Finalmente, a mão e os dedos podem ganhar personalidade com pequenas tatuagens. Não é uma opção para todos, certamente, por ser uma zona muito exposta. Mas feito com o desenho e para a pessoa certos, garante um resultado marcante.

Perna

As tatuagens pequenas vivem bem em detalhes do corpo, para que não se percam em espaços muito grandes. Por isso, as melhores zonas na perna são:

  • Tornozelo
  • Zona superior da coxa

Se optar pelo tornozelo ou pé, o desgaste da tatuagem, ao longo dos anos, será mais evidente. Ambas são zonas onde a roupa faz muita fricção, por isso a tatuagem poderá ir perdendo definição. Além disso, a exposição ao sol nos períodos quentes também fazem com que a tatuagem esteja muito exposta ao sol.

No entanto, visualmente, tatuagens pequenas e delicadas terão aqui um resultado muito subtil e elegante.

Finalmente, a zona superior da coxa é para quem gosta de manter as tatuagens na intimidade.

Costelas

A zona das costelas é também para quem prefere manter as tatuagens para si. Além de ser uma zona constantemente protegida do sol. Assim, o melhor visual irá perdurar ao longo dos anos.

E como estamos a falar de tatuagens femininas, esta zona não sofre grande alteração com as mudanças que uma gravidez traz ao corpo. É, por isso, uma boa opção para quem gosta de tatuagens na zona do abdómen, como:

  • Lateral das costelas
  • Caixa torácica

Atrás da orelha

A zona atrás da orelha é muito feminina e uma tatuagem pequena irá encaixar na perfeição.

Se tiver o cabelo comprido, mostrar ou não a tatuagem ao Mundo é uma opção do seu dia-a-dia. Na nossa opinião, o melhor mesmo é dar um corte ao cabelo… o seu pescoço vai ganhar um visual incrível.

Antes de escolher onde tatuar: Pense nisto!

As tatuagens pequenas e delicadas vivem melhor nestas zonas do corpo, pois conseguem sobressair e ganhar vida. Além disso, também é importante perceber onde melhor resulta o desenho. Tendo em conta o tom da pele e as cores usadas na tatuagem, por exemplo. Finalmente, há a questão da longevidade da tatuagem – há zonas que requerem maior manutenção do que outras.

As tatuagens pequenas são mesmo uma tendência que parece estar para ficar. Principalmente entre as mulheres. Com a melhoria das técnicas, ferramentas e principalmente da formação e perícia dos tatuadores, conseguem-se incríveis tatuagens pequenas. Discretas e delicadas, que quase parecem sempre ter pertencido ao corpo onde estão.

Leave a Reply