Antes sequer de pensar em escolher o tatuador, começamos por decidir que queremos fazer uma tatuagem. Pensamos em todos os pormenores relacionados. Em que área do corpo a vamos fazer, qual o desenho, será que vai doer, que cuidados tenho de ter e como me irei sentir.
Ainda são muitos os que decidem fazer uma tatuagem e não têm em conta o aspeto mais importante – TEMPO.
É preciso tempo para tomar boas decisões. Daquelas que ficam para a vida, sabem? Certo, como uma tatuagem. Uma das decisões mais importantes, e que leva tempo, é a escolha do tatuador.

Por isso, reunimos alguns conselhos para escolher o tatuador certo.

Siga o seu estilo

Os tatuadores, como qualquer artista, costumam especializar-se em estilos. Por isso, na altura de escolher, procure os que trabalham o estilo que escolheu. Será a melhor forma de garantir o resultado que tem em mente.
Os tatuadores partilham o seu portefólio e têm muito orgulho nele!

Peça referências

Se conhece pessoas que têm tatuagens, fale com eles. Nada como alguém que já fez uma tatuagem para partilhar a sua experiência. Se tiveram boas experiências com o tatuador, irão certamente recomendar. E más experiências são ótimas lições com as quais pode aprender.
Esteja particularmente atento a tatuagens no estilo que quer. É uma ótima forma de reduzir o leque de escolha, focando-se nos tatuadores cujo trabalho admira.
Se vir alguém na rua com uma tatuagem que gosta, porque não abordá-lo? A maioria dos tatuados tem muito orgulho nas suas tatuagens e vai adorar contar a sua história.

Procure online

Tatuadores que têm orgulho no seu trabalho partilham-no. Por isso, procure online por estúdios de tatuagens e conheça o trabalho. Pode visitar o site e segui-los nas redes sociais, para ir conhecendo vários trabalhos.
Não tem de se restringir à zona onde mora – pode apaixonar-se pelo trabalho de um tatuador de outra zona e decidir que vale a pena fazer a viagem! No entanto, se for uma tatuagem de grande dimensão, para a qual tenha de fazer várias sessões, considere isso no momento de escolher.
Além de ver o portefólio, leia as críticas e os comentários. Embora possa não partilhar das opiniões de outras pessoas, pode perceber tendências de críticas, o que certamente ajuda a começar a escolher.

Seja exigente

Esteja atento ao detalhe. Isto é especialmente importante se fizer uma tatuagem elaborada, com pormenor. As linhas devem ser suaves, as cores arrojadas e as formas bem delineadas. Não se acanhe e veja o trabalho de perto – não só em galerias de imagens, mas ao vivo e a cores.

Fale com o tatuador

Faça uma visita ao estúdio e converse com o tatuador. Veja se se sente à vontade no espaço e se tem empatia com ele. Como é a sua personalidade, qual o orgulho que demonstra no seu trabalho. Ao conhecê-lo melhor, estará mais à vontade para lhe explicar o que quer. E os resultados disso irão fazer a diferença!
Pergunte se pode ficar a assistir enquanto ele trabalha. Aproveite para se familiarizar com o espaço e com todos os preparativos.

Procure reconhecimento

Existem prémios dados em festivais ou convenções de tatuagens. Esta é uma ótima forma de os tatuadores obterem reconhecimento pelo seu trabalho. Geralmente os prémios são dados por estilos, pelo que pode descobrir novos nomes de tatuadores no estilo que tem em mente.

No final, depois de escolher o tatuador, confie nele.

O mais certo será ele ter sugestões de cores, tamanho ou detalhes. Assim, quando se sentar na cadeira, vai fazê-lo com o conforto de quem demorou o seu TEMPO para ter a tatuagem perfeita. Com o tatuador certo.

Conhece o nosso trabalho e o que nos faz criar.


Créditos da imagem: Matheus Ferrero no Unsplash

Leave a Reply