Agora que já afastámos o tabu de que tatuagens pequenas e delicadas não são coisa de homem… vamos ver em que zonas do corpo conseguem sobressair.

Como já o dissemos antes, a zona do corpo onde irá tatuar é tão, ou mais, importante que o design da tatuagem.

Qual a importância da zona do corpo na tatuagem?

Nos homens, a zona do corpo tem muita importância. Assim, se tiver uma musculatura bem definida, as tatuagens ganharão outra vida.

Não nos esqueçamos que a tatuagem atrai o olhar para a zona do corpo onde está. Por isso, se o corpo não estiver “à altura” da tatuagem, poderá não obter o melhor resultado.

Além disso, há a questão do pelo no corpo. É preciso considerar se está disposto a ter uma rotina de estética que não esconda a tatuagem. Ou até a tratar isso de forma definitiva.

Claro que não é preciso ser um culturista!

Estamos simplesmente a realçar que as características do corpo não devem ser esquecidas, quando escolher onde tatuar. Para que a tatuagem sobressaia e tenha o seu merecido destaque. Mas também para que se sinta bem com o seu corpo e a tinta que nele colocar.

Onde tatuar pequeno e delicado, em homens?

Ombro

O ombro é a zona do corpo mais popular entre os homens. E tatuagens pequenas resultam muito bem. São quase como um apontamento, numa zona que, na maioria do tempo, anda escondida debaixo da roupa. Mas quando a roupa sai, esse detalhe íntimo revela-se ao Mundo.

Além disso, esta zona permite pensar em tatuagens relacionadas. Por exemplo, pode ter um detalhe no ombro, que combina com outro detalhe no peito ou no braço. Funcionam separadamente, mas em conjunto podem ganhar um significado totalmente diferente.

Braço

Os braços têm um papel gigante na vida de um homem. Em inglês, man-at-arms é um soldado. E embora a vida da maioria dos homens se tenha afastado do tradicional trabalhar com as mãos, a verdade é que esse papel ainda está muito enraízado.

Os braços são como que a forma como um homem se apresenta ao Mundo. Fortes e capazes de tudo.

Por isso, quando um homem escolhe o braço para tatuar, reforça esse papel na sua vida. Tudo o que se tatua num braço ganha um significado de vigor, de fazer acontecer. Por mais pequeno e delicado que seja.

No braço, pode optar pela parte superior interna, externa ou pelo ante-braço. Seja o que for que escolher, dará ainda mais poder ao seu braço!

Pulso

Que melhor sítio para fazer realçar um desenho pequeno?

O pulso é perfeito para fazer uma tatuagem pequena, nomeadamente na parte de dentro.

Agora imagine-se a dar um aperto de mão forte e a tatuagem ajudar a marcar esse momento…

Peito

Tatuar no peito está muito associado a sentimento, por ser a zona onde se situa o coração. Ao tatuar nessa área, está-se a marcar algo importante junto ao coração.

O peito é uma zona grande, habitualmente associada a tatuagens de grande dimensão. Claro que não tem de ser assim.

É só uma questão de considerar o enquadramento nesta zona do corpo.

Por exemplo, a zona da clavícula ajuda a demarcar uma área mais pequena, onde um desenho delicado irá ganhar destaque.

Além disso, tatuar em pequena dimensão é uma boa forma de ir construíndo uma história sob a forma de tinta. Como se estivesse a escrever num livro em branco, um bocadinho de cada vez.

Costela

O maior desafio de tatuar nas costelas é o nível de dor. Embora a tolerância à dor não seja igual para todos, a pele fina faz desta uma zona particularmente difícil.

Mas não desanime! Se quer uma tatuagem nas costelas, a tatuagem pequena é a melhor forma de o conseguir. Pode decidir que o apontamento é mesmo o quer em termos visuais.

Ou, quem sabe, complementar com mais tinta, ao longo de outras zonas próximas?

Perna

As pernas foram, durante muito tempo, terreno desconhecido para tatuagens no mundo ocidental. Talvez porque o guarda-roupa masculino não permitia que se vissem, a não ser na praia.

Nos dias de hoje, a informalidade do vestuário já permite ter tatuagens na perna. E mostrá-las!

Como o peito, as pernas têm o potencial para tatuagens grandes. No entanto, isso não significa que seja isso que tenha de fazer.

Por ter muito espaço, o ideal será escolher a zona em função do desenho. Fale com o seu tatuador para que o ajude a perceber onde a tatuagem poderá ganhar maior realce.

Considere todos os conselhos e dicas e fale com o seu tatuador. No final, siga o seu instinto. Afinal, a tinta será usada por si, até ao resto da vida. E é bom que essa segunda pele assente tão bem, ou melhor, que a primeira.

Leave a Reply